Sejam Bem Vindos!

Caso desejem copiar os artigos, ou quaisquer outras coisas contidas neste blog, apenas não os usem para fins lucrativos e irrevogavelmente coloquem a fonte de onde os colheram!

Que DEUS os abençoe!

LIBERDADE DE EXPRESSÃO

É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da "argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

O Perigo$o Amor ao Dinheiro...

Disse-lhe alguém dentre a multidão: Mestre, dize a meu irmão que reparte comigo a herança. Mas ele lhe respondeu: Homem, quem me constituiu a mim juiz ou repartidor entre vós? E disse ao povo: Acautelai-vos e guardai-vos de toda espécie de cobiça; porque a vida do homem não consiste na abundância das coisas que possui. Propôs-lhes então uma parábola, dizendo: O campo de um homem rico produzira com abundância; e ele arrazoava consigo, dizendo: Que farei? Pois não tenho onde recolher os meus frutos. Disse então: Farei isto: derribarei os meus celeiros e edificarei outros maiores, e ali recolherei todos os meus cereais e os meus bens; e direi à minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe, regala-te. Mas Deus lhe disse: Insensato, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus.(Lc 12.13-21)

Porque nada trouxe para este mundo, e nada podemos daqui levar; tendo, porém, alimento e vestuário, estaremos com isso contentes. Mas os que querem tornar-se ricos caem em tentação e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, as quais submergem os homens na ruína e na perdição. Porque o amor ao dinheiro é raiz de todos os males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a constância, a mansidão.(1Tm 6.7-11)

Graça e Paz de Yeshua!

O SENHOR JESUS certa feita exortou aos seus ouvintes dizendo: Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração (Mt 6.21).

É interessante notar como a mensagem do MESSIAS contrasta com o tipo de ideologia que ora verificamos no meio evangélico.

Basta ligarmos nosso rádio, ou sintonizarmos alguma emissora de TV onde se veicule algum programa tido como evangélico, para então ouvirmos e vermos homens e mulheres alimentando os desejos e a ganância daqueles que os assistem.

Será que a massa levedada pelo amor às riquezas que hoje engrossam as fileiras das denominações terá com o que se apresentar diante de DEUS?

TER RIQUEZAS NÃO QUER DIZER TER PAZ COM DEUS:

Ao examinarmos o texto de Lucas, vemos o SENHOR sendo inquirido por alguém que desejava ter parte em uma herança material. Ora, O SENHOR não veio a este Mundo para tratar de questões triviais, ou satisfazer os desejos materiais dos homens. ELE veio para comunicar as Verdades do Reino de DEUS e alertar os homens para que se desprendam de todas as mazelas egoístas e deixem de confiar naquilo que tem.

Notamos que a ênfase da mensagem das Boas Novas não está no ter (Lc 12.15), mas sim no ser, ou seja, não está em angariar mundos e fundos, mas sim em se deixar moldar pela Palavra e pelo ESPÍRITO SANTO.

Vejamos este rico insensato...

Ele havia enriquecido ainda mais e se jactanciava acerca do que possuía. Dizia ele: tens muito ó minha alma. Não há com o que se preocupar, descansa, come, bebe e folga! Esse rico até parece muitos pregadores que conhecemos... Em suas ministrações, incitam o povo a desejar até o que pertence aos ímpios e a regozijar-se em alcançar!

Fico preocupado com o destino das almas que hoje vêm para igreja atrás, simplesmente de coisas que a traça e a ferrugem consomem, e também os ladrões roubam. Os evangélicos de hoje em dia assemelham o muito ter, com o muito ser diante de DEUS.

Muitos ao verem algum outro crente em dificuldades, ou privações financeiras logo lançam mão do julgamento e dizem: Certamente está em pecado, caso contrário não estaria assim!

Confrontando essa ideologia evangeliquez, DEUS nos ensina através desta passagem que ao pedir nossa alma, não atentará para o que temos, mas sim para o que somos diante DELE.

A Bíblia chama de tolos todos aqueles que por muito terem, pensam que estão ricos para com DEUS.

CONTENTAR-SE NO SENHOR É O MAIOR GANHO DA PIEDADE E A VERDADEIRA RIQUEZA PARA COM DEUS:

Neste trecho da carta de Paulo a Timóteo vemos um quadro muito parecido com os dias que vivemos no meio evangélico.

A Igreja enfrentava problemas com os mercantilistas da FÉ. Havia pregadores para todos os gostos, menos para o agrado de DEUS! Anunciar a mensagem do evangelho havia se tornado um alto negócio para muitos lobos famintos.

Paulo como zeloso pastor, instrui seu jovem discípulo e presbítero de Éfeso à combater tanto os predicadores, quanto suas práticas. Ele ainda diz nos verso 5 e 6: Aparte-se de todos que façam do ministério causa de enriquecimento, pois o real ganho da vida piedosa é contentar-se no SENHOR!

Nós vivemos sob o NOVO CONCERTO, vivemos sob A NOVA ALIANÇA.

Em toda a parte onde os doutrinadores do NT, inclusive JESUS CRISTO, tratam das questões triviais (bebida, comida, moradia, vestes, etc.) estes nos ensinam a termos contentamento com aquilo que DEUS nos tem dado e a buscarmos a plenitude da Comunhão Espiritual com DEUS, para então gozarmos do melhor de DEUS, que é ELE próprio e Seu Filho JESUS CRISTO.

Na carta de Paulo aos (Ef 3.14-21) o apóstolo diz que sua oração por eles, é para que conheçam o amor de CRISTO e sejam cheios de toda a plenitude de DEUS no homem interior!

A Bíblia nos ensina a pregarmos ensinarmos e buscarmos O Reino de DEUS e Sua Justiça, pois daquilo que temos real necessidade, O Pai que alimenta todas as criaturas, seja no céu, seja na terra, também nos sustentará!(Mt 6.33).

Enquanto muitos evangélicos se digladiam para ter mais e mais, houve um homem sem DEUS, que na sua morte deu uma das maiores lições de sabedoria...

Os 3 últimos desejos de ALEXANDRE O GRANDE:

1º Que seu caixão fosse transportado pelas mãos dos médicos da época;

2º Que fosse espalhado no caminho até seu túmulo os seus tesouros conquistado como prata , ouro, e pedras preciosas ;

3º Que suas duas mãos fossem deixadas balançando no ar, fora do caixão, à vista de todos.

Um dos seus generais, admirado com esses desejos insólitos, perguntou a

ALEXANDRE quais as razões desses pedidos e ele explicou:

1º Quero que os mais iminentes médicos carreguem meu caixão para mostrar que eles NÃO têm poder de cura perante a morte;

2º Quero que o chão seja coberto pelos meus tesouros para que as pessoas possam ver que os bens materiais aqui conquistados, aqui permanecem;

3º Quero que minhas mãos balancem ao vento para que as pessoas possam ver que de mãos vazias viemos e de mãos vazias partimos.

Alguns séculos mais tarde, Paulo disse pelo ESPÍRITO SANTO: Porque nada trouxemos para este mundo e manifesto é que nada podemos levar dele. (1Tm 6.7).
 
Todos os que pensam e agem de modo diferente, acabarão vítimas de perdição e ruína (1Tm 6.9) e traspassando-se com muitas dores (1Tm 6.10).
 
Concluindo, fica-nos o conselho de Paulo: Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas e segue a justiça, a piedade, a fé, a caridade, a paciência, a mansidão. (1Tm 6.11), Em Nome de JESUS CRISTO. Amém.

Olhe enxergando; aprenda criticando; pense raciocinando; conheça e submeta-se à Verdade - JESUS CRISTO!

Que O ETERNO te abençoe!

Autor: Alexandre.

Um comentário:

  1. ENGANAR AS PESSOAS EM NOME DE JESUS:É com tristeza que vejo muitos pregadores desonestos, enganando as pessoas em nome de JESUS. É muita gente safada, visando apenas dinheiro, mais dinheiro, falando o nome de JESUS. Você para alcançar ou ser atendido por DEUS, não precisa pagar ou dar dinheiro pra ninguem, é só fazer o pedido com fé. Agradeça quando for atendido. Podendo, ajude sim.É importante participar e ajudar as pessoas. Existem muitas instituíções religiosas sérias, procure obter informações,antes de se tornar membro de alguma delas.

    ResponderExcluir